Mozilla Paris hackathon

Cláudio Esperança

1

Estivemos em Paris, nos fantásticos escritórios da Mozilla, a participar numa hackathon com várias equipas da Mozilla em representação das comunidades de várias idiomas (Português Europeu, Galego, Espanhol, Catalão, Francês, Romanche e Italiano), bem como Mozillians de outros países como a Sérvia, Índia, Alemanha, etc.

Foi um encontro multicultural que permitiu trocar experiências com outros voluntários da Mozilla e conhecer a estratégia da Mozilla para os próximos tempos. Tivemos a oportunidade de falar um pouco sobre o que temos feito e a estratégia que estamos a desenvolver, e fomos parabenizados pelo grande trabalho que tem sido feito pela nossa comunidade.

A Mozilla apresentou-nos alguns números onde vimos que as versões em Português de Portugal dos produtos da Mozilla são utilizadas por centenas de milhar de pessoas e que, surpreendentemente, para o nosso idioma a tendência é, claramente, de crescimento (na ordem dos 26% para o Firefox nos últimos 4 meses). Percebemos ainda que os produtos no nosso idioma são utilizados muito para além de Portugal (87%), em países como o Brasil (5%), Angola (1.5%), França, Moçambique, Suíça, Cabo Verde, Reino Unido, Alemanha, Espanha, Luxemburgo, Holanda, Bélgica, Estados Unidos, São Tomé e Príncipe, etc.

O foco das próximas versões do Firefox será a questão da privacidade, uma questão que a Mozilla considera especialmente sensível para o público europeu. A ideia é afirmar o Firefox como uma solução que protege, cada vez mais, a privacidade dos utilizadores dando ferramentas para que estes possam decidir o que querem partilhar, como querem partilhar.

No campo do Firefox OS, o projeto está a sofrer uma alteração de foco e o objetivo principal não será tanto o mercado de baixo custo, mas sim desenvolver uma solução que seja apelativa a um público com o padrão de exigência mais elevado e que espera soluções rápidas, funcionais e inteligentes, caraterísticas para as quais não é simples obter uma resposta eficiente com hardware de baixo custo. Assim sendo, o Firefox OS 2.5 irá iniciar este processo de transição, sendo que se espera que o salto maior aconteça já na versão seguinte a esta. As atualizações serão também mais rápidas e regulares com ciclos de desenvolvimento mais curtos (à semelhança do que temos no Firefox).

Para o futuro vamos continuar o trabalho desenvolvido, garantindo a tradução dos produtos e serviços da Mozilla para Português (PT). Vamos também desenvolver um guia de estilos de tradução, tutoriais para explicar o processo de tradução e de garantia de qualidade, definir um plano de liderança e de sucessão, definir estratégias para o recrutamento de novos voluntários e implementação de um mecanismo de respostas automáticas para pedidos de contacto.

Resta-nos agradecer à Mozilla o convite para participar neste evento e o facto de terem assumido todos os custos relacionados com a viagem, alojamento e alimentação, bem como por tratarem todas as questões logísticas.

PANO_20151023_145139~2Se se identificam com a missão da Mozilla, querem ajudar, gostariam de conhecer outros países e colaboradores da Mozilla, então basta participarem ativamente nas atividades da comunidade para que possam ter uma oportunidade deste tipo. Não só têm a oportunidade de ajudar muitos milhares de pessoas nacionalizando os produtos da Mozilla, como de conhecer um pouco melhor este mundo tão vasto.

1 response

Post a comment

  1. Albert de Castro wrote on :

    O espaço é espetacular, qualquer pessoa dar-se-ia muito bem a criar em volta daquela arquitetura.

    Responder

Post Your Comment